Segue-me por Email

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Encontrar-me...

Perco-me no mundo
Para a seguir me encontrar
Voltar a ser,
emergir de mim própria
Quedo-me no silêncio,
Perco a noção do tempo
Que fiz e desfiz como um tapete
Que vou tecendo com as cores
Do meu ser…
Um dia azul
Outro negro carregado
E faço e desfaço
Um dia coloco pérolas
No outro destroços
Perco e encontro-me
Em mim, em mim…
Esvazio e encho-me
Porque tudo começa
E se prolonga no dedilhar silencioso
Da penumbra de nós
Quando caí o véu…e vemos claramente
Onde estamos, quem somos…E porquê...

Elsa Sequeira


**
Esta foi a minha participação no livro
"Nas águas do verso"

3 comentários:

Ana Pallito disse...

De olho no olho.

Bom final de semana!!!!

antonio disse...

Os meus parabéns pelo poema e pelo livro.

Apaixonada por Cristo disse...

Parabéns pelo poema!
Descobri à pouco o seu blog, porém venho-o visitar diáriamente, é já uma rotina.