Segue-me por Email

quinta-feira, 21 de junho de 2007

Pode ser hoje...

O Dia amanhecia na quietude, lentamente e uma música aparecia para eu ouvir...
foi muito cedo, não a conhecia apesar de ser antiga...depois porque quem me falava dela estava muito longe...e também porque acho que essa pessoa vive todos os dias o que a música sugeria... entretanto fiquei a pensar na música que ouvi á pressa...

Natal é quando um homem quiser”
de Paulo de Carvalho...
Tu que dormes a noite na calçada de relento
Numa cama de chuva com lençóis feitos de vento
Tu que tens o Natal da solidão, do sofrimento
És meu irmão amigo
És meu irmão

E tu que dormes só no pesadelo do ciúme
Numa cama de raiva com lençóis feitros de lume
E sofres o Natal da solidão sem um queixume
És meu irmão amigo
És meu irmão

Natal é em Dezembro
Mas em Maio pode ser
Natal é em Setembro
É quando um homem quiser
Natal é quando nasce uma vida a amanhecer
Natal é sempre o fruto que há no ventre da Mulher

Tu que inventas ternura e brinquedos para dar
Tu que inventas bonecas e combóios de luar
E mentes ao teu filho por não os poderes comprar
És meu irmão amigo
És meu irmão

E tu que vês na montra a tua fome que eu não sei
Fatias de tristeza em cada alegre bolo-rei
Pões um sabor amargo em cada doce que eu comprei
És meu irmão amigo
És meu irmão

Natal é em Dezembro
Mas em Maio pode ser
Natal é em Setembro
É quando um homem quiser
Natal é quando nasce uma vida a amanhecer
Natal é sempre o fruto que há no ventre da Mulher
João Varela
a expressão utilizo-a muita vez, não sabia que havia assim uma música...e fiquei a pensar se hoje fosse Natal...
Natal no verão, agora é que poderia ser Natal, porque em Dezembro anda sempre tudo distraído com as luzes, com as prendas, com as consoadas, com as vestes...e esquecem-se do Natal...
por isso hoje decidi que ia ser Natal...nem que fosse só o meu Natal, mas...fui partilhando-o com quem ia aparecendo...cheguei mesmo a desejar - Feliz Natal - do outro lado o meu interlocutor ria...e ia dizendo...”...já?? Realmente no primeiro dia de Verão é um contracenso... mas ao mesmo tempo...olha como está o tempo...está frio...e depois, olha,... Natal é quando um homem quiser...tens razão - Feliz Natal!”

De seguida comecei a analisar o meu “berço “ interior... estava sereno, cheio de silêncio, de amor...sim! Podia ser Natal, e como era bom se vivessemos o Natal assim silenciosamente sem barulhos, esperando o Deus Menino apenas... pois, isso é o Natal, e não as milhentas coisas que invetaram a seguir...

No meio do silêncio tive ainda tempo para analisar, aquilo que faço pelos outros, a mão que estendo ou não...gosto de estender a mão e também o coração, se bem que ache que sempre se pode fazer mais...mas não o faço só porque é Natal...não olho para quem precisa seja do que fôr só porque é Natal, não! Tento fazer isso todos os dias, em pequeninos nadas...imagino que ás vezes as pessoas nem notem...mas, não importa...pelo menos vejo-as sorrir..

“Natal é quando um homem quiser...”

13 comentários:

rosa dourada/ondina azul disse...

"Natal é quando o homem quiser"

Pode ser hoje,
pode ser todos os dias!


Beijo,

serenidade disse...

Natal é quando o Homem quiser... concordo plenamente.

Sereno sorriso

malu disse...

É todos os dias Elsita. Em cada manhã ao acordarmos nEle.

Feliz Natal ;)

Bjs!

pe.cl disse...

Porque eu sou homem e também quero claro que no hoje de cada dia é Natal, é Natal porque Jesus nasce em cada sorriso que se desperta no rosto de cada pessoa todos os dias.
E porque hoje é Natal tentemos semear sorrisos no rosto de todos os que se cruzarem connosco.

Beijinhos no coração.

Hanah disse...

"Natal é quando nasce uma vida "

volto aqui para reler várias e várias vezes....

beijão

Marlene Maravilha disse...

Não há dúvida, somos livres para escolher e viver as datas sejam quaisquer que sejam. Mas o melhor é quando realmente olhamos para dentro de nós e anexamos valores!
beijo

Micaela disse...

Feliz Natal!
É Natal, sim senhora. É Natal, porque o Amor continua a vir ao mundo permanetemente e a fazer-nos ver que a Vida vale tanto a pena.
Beijinhos.

Cátia disse...

Minha querida,

Que Natal seja hoje, seja amanha ou seja sempre que queiramos... Que Natal possa ser sempre. Dar atenção, carinho, dar uma mao a tantos que precisam. Força querida, força para dar sempre.

Obrigada pela pessoa linda que és e pelo coração de ouro que tens. És uma pessoa muito especial,nunca duvides do teu real valor.

Beijinhos da tua menina que te ama

João Cordeiro disse...

O Natal deveria ser todos os dias.


Beijo sonhador

Flôr disse...

Natal é sempre QUE O QUIZERMOS! :)
Todos os dias, meses, anos, séculos... enfim, Natal também é, quando Jesus Cristo "nasce" ou "renasce" no nosso Ser... no nosso coração.

Amor, vou de férias durante duas semanas. Nas tuas orações pede a Deus que me leve e traga em bem, a mim, aos meus filhos, à minha mãe e à minha afilhada. Acredito no poder da oração... Obrigada minha doce e querida amiga do meu coração.

Deixo um beijo ao Tiago.

Fica bem e que Deus te abênçõe.

Flor :)

António Melenas disse...

Olá Amiga. Belo texto sobre o Natal e o que é ser Natal
____
Obrigado pela visita e simpático comentário. Quanto a mim tenho negligenciado as visitas aos sítios amigos, ma ando adoentado e um pouco desmotivado par viajar na net
Um beijinho

Reflexos da Alma disse...

Olá Elsa !

Claro que sim , o Natal é quando nós quisermos !!!

Belo post e bela lembrança ...pois nunca é demais lembrar !!

Um Beijo e bom fim de semana !

Ni disse...

Um Feliz Natal... hoje e sempre.

Uma alma decorada para o Natal e um coração preparado para O receber são os melhores "Bom dia" de todos os dias.

Um beijinho, cheio de espírito natalício.