Segue-me por Email

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Partilhando...




Henrique Torres, 32 anos de idade, fez uma caminhada de formação com os Leigos Missionários Combonianos (LMC) portugueses durante três anos, participando activamente na vida do Movimento. Durante este tempo, aprofundou as raízes das suas inquietações vocacionais, e descobriu que o seu chamamento não era apenas para ser um LMC mas sim algo mais. A seguir, o próprio Henrique conta-nos o que aconteceu:


Coimbra/Portugal, 16 de Julho de 2011


É com muita alegria que vos comunico, oficialmente: fui aceite no Postulantado Comboniano!

Sinto-me muito feliz por o Espírito Santo me ter iluminado e dado a força necessária para dizer sim ao apelo do Pai, para abraçar, sem medos, o seu projecto de salvação, mas confesso que estou receoso desta nova etapa da minha vida e também triste por ter de deixar o movimento LMC, que tão carinhosamente me acolheu e com o qual cresci muito a nível humano e espiritual.

Foi uma longa e sinuosa caminhada, mas também muito rica e frutuosa. As decisões importantes na nossa vida nunca são fáceis de tomar e esta, acreditem, foi-me muito difícil, e muito devo aos LMC que foram importantes, diria até decisivos, nesta tomada de decisão.

Ao longo destes três anos de ligação aos leigos LMC, procurei sempre entregar-me por completo, pois era meu desejo partir para a missão, e só numa entrega absoluta seria capaz de responder a esta vontade do Pai, de ir ao encontro do outro e doar-me totalmente (no entanto, confesso que foram muitas as vezes que estive ausente, mesmo presente, por diversas razões, que não importa para agora enumerar). Mas no fundo, algo me incitava para um desafio maior, mais radical! E, foi no acompanhamento que fui tendo, que acabei por me render e dizer sim a este desafio. Poderia adiar esta minha entrada no Postulantado, mas será que fazia sentido? Por que haveria de ter medo se era um convite do Pai, que a todos nós quer o bem. Interrogando-me várias vezes se a minha vocação seria como leigo ou consagrado, creio ter tomado a decisão certa, não a mais fácil, mas aquela que sinto ser a mais correcta.

Obrigado a todos os que me acompanharam ao longo destes anos, especialmente ao Pedro Moreira, que foi o meu mentor espiritual e que me fez pensar seriamente se estaria no caminho certo. Ao P. Paulo Emanuel que desde que lhe falei destas minhas inquietações procurou ajudar-me e encaminhar-me da melhor forma possível; à Ir. Carmo pelas conversas de viagem, que muito me fizeram reflectir e de certa forma deixar-me render às evidências; e a todos os outros que de uma maneira ou de outra foram determinantes na minha caminhada de discernimento vocacional.

Que o Espírito Santo vos continue a iluminar neste nobre trabalho de conduzir o Movimento dos Leigos Missionários Combonianos.

Unidos pela oração, estaremos sempre…
Obrigado,
Henrique Torres


Partilha D'Aki

Henrique Torres foi o vencedor do Big Brother II...Lembram-se - Ver Aki

Sem comentários: