Segue-me por Email

segunda-feira, 13 de abril de 2009

"Educar sem gritar"


"Grita com o seu filho com frequência e por qualquer motivo? Acredita que deste modo está a impor a sua autoridade e a fazer valer o seu critério? A seguir sente-se de imediato culpado por ter perdido o controlo? Educar as nossas crianças é, sem dúvida, uma tarefa apaixonante, mas também complexa e difícil. Este livro pretende ajudá-lo a si – pais, avós, educadores, professores - a construir uma educação mais positiva com as crianças e os adolescentes, baseada em cinco conceitos básicos:
- O afecto e o reconhecimento;
- O diálogo, a escuta e a compreensão;
- A autoridade, aplicada com competência e equilíbrio;
- A coerência e o senso comum;
- O respeito e os valores humanos.


O autor, especialista em Psicologia Educativa, fornece-nos ao longo destas páginas ferramentas e estratégias fundamentais para utilizarmos no nosso dia-a-dia: ensina-nos a prevenir e a gerir conflitos, a melhorar o diálogo com os nossos filhos, a actuar perante as mentiras, a transmitir valores e a reforçar a sua conduta. Os resultados são benéficos para a convivência em família, na escola, entre amigos, e fundamentais para o desenvolvimento equilibrado e pleno das nossas crianças."


4 comentários:

Teodora disse...

É pena que estas vozes só agora se ouçam, pois até há pouco tempo atrás, os psicólogos foram dos principais responsáveis pelas teorias dos meninos sempre e todos coitadinhos.

Hoje observam-se números chocantes de casos de agressões de jovens contra os seus próprios pais e adultos.

Até o sr dr. Sampaio agora já mudou a conversa. São todos doutores! E deposi nós é que somos burros!

Danilo Badaró disse...

Querida Elsa

estou preparando resumos de capítulos de livros sobre família para colocar lá no Família de Nazaré. Se você puder, ficaria muito feliz em ler aqui seus comentários a respeito do texto que você tem em mãos.

Ana disse...

Olá Elsa, cheguei AKI porque foste ter comigo no meu BE HAPPY. Obrigada pela tua força. A vida é mesmo assim, e ninguém a escolhe, e assisti a factos bem mais graves que me marcaram muito. Sinto-me muito feliz porque estou cá neste mundo maravilhoso e tento VIVER O MOMENTO.
Gostei deste teu espaço.
Este livro deve ser muito interessante acho que o vou adquirir, até porque sou avó de um pimpolho de 3 aninhos e já vem outra flor (uma Margarida) a caminho que se tudo correr bem chegará no inicio de Julho:-)
Desejo-te uma noite muito feliz!
Um beijinho muito grande,
Ana Paula

Anónimo disse...

Acabei de adicionar sua página aos meus favoritos. Eu gosto de ler seus posts. Obrigado!