Segue-me por Email

sábado, 22 de novembro de 2008

Hoje é dia de festa!

Juntem-se à festa!!
Acompanho os meus companheiros
do jogo das 12 Palavras...
e desejo os maiores sucessos!!!
Deixo o meu contributo...
para este dia de Festa:
No silêncio do meu eremitério

No silêncio de mim
vagueando no meu eremitério
em passos lentos e silenciados
sinto a infinitude do tempo
feita pedaços de quietude
de misticismo,
meus...apenas meus...


E pela janela
olho o sincelo
que vai caindo
na noite gélida...


Mas...estremeço... no meu silêncio...
e sinto a comiseração
nas mãos de uma criança
que pede pão
de olhar triste
fitando a solidão...
semblante carregado
a quem roubaram
a alegria de ser criança,
Preciosidade singular
que a aleivosia dos homens
insiste em apagar...


Abro as portas do meu eremitério
vou urdir um plano
e dar o pão
saciar a fome
daquela criança
serei o bálsamo, o unguento
que aliviará a sua dor,
e num novo amanhacer
olharei o sorriso
e sorrirei com ela
no silêncio do meu eremitério...

Publicado no Eremitério

1 comentário:

TMara disse...

Obrigada amiga.
Para os corações puros há smp tempo e espaço para os outros.
Bjs
Luz e paz contigo e em teu caminhar