Segue-me por Email

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Sudão: Referendo vai originar separação do sul, diz missionário português

Lisboa, 18 Jan (Ecclesia) - O missionário português José da Silva Vieira, em missão em Juba, capital do sul do Sudão, considera que o referendo para a autodeterminação da região vai ditar a “separação” do norte, criando um novo país.

“Já se sabe que a separação vai ganhar. Falta saber a expressão da vitória”, escreve religioso comboniano.

Num comentário publicado no seu blogue «Jirenna» (palavra guji, do sul da Etiópia, que significa vida), o padre José da Silva, chefe de redacção da Rádio Bakhita, diz que se vive, neste momento, a “fase da contagem”.

O resultado final desta escolha de quase 4 milhões de eleitores deve ser conhecido apenas a 14 de Fevereiro, mas o missionário português revela que nas “quatro mesas de voto” que visitou, “98 por cento” dos eleitores “votaram pela separação”.

O referendo sobre a independência do Sudão do sul decorreu entre 9 e 15 de Janeiro, decidindo o futuro do território meridional, com cerca de 9 milhões de habitantes, maioritariamente cristão, ao contrário do norte, onde a maioria muçulmana tem levado a cabo um processo de islamização da sociedade.

OC
Fonte - Ecclesia

Sem comentários: