Segue-me por Email

quarta-feira, 24 de março de 2010

Sismo de 3.5

Sismo de 3.5 com epicentro próximo de Mação

"O Instituto de Meteorologia (IM) registou esta segunda-feira às 12:07 um sismo de magnitude 3.5 da escala de Richter, com epicentro localizado a cerca de 8 quilómetros a nordeste de Mação, no distrito de Santarém.

O sismo foi sentido em Castelo Branco e em outras localidades do distrito, nomeadamente a sul, na zona do Pinhal.

De acordo com o IM o sismo foi sentido com intensidade máxima IV (escala de Mercalli modificada) nos distritos de Santarém, Castelo Branco, Portalegre e Leiria. Foi ainda sentido nos distritos de Coimbra, Guarda, Évora, Viseu e Setúbal.

Não há notícia de estragos provocados pelo sismo e fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco confirmou que recebeu apenas “uma ou duas chamadas” de pessoas que sentiram o abalo.

Os primeiros comentários sobre o sismo começaram a chegar à página do Reconquista no Facebook nos minutos seguintes.

“Aqui na Sertã também se sentiu! Foi um grande estrondo e tudo tremeu”, contou Andrea Colôa.

Fernanda Morgado estava perto da Escola Superior de Educação de Castelo Branco quando deu por conta do sismo.

Mais a norte não há relatos de grande actividade.

“Aqui na Covilhã não senti nada! Ao contrário do outro de dia 17 de Dezembro esse sim foi bastante sentido!” conta Joana Barata Lemos

“No Fundão, ainda se sentiu algo, mas parecia uma forte rajada de vento... nada de especial” relata César Ferreira.

Em Aldeia de Joanes, também no concelho do Fundão, Ricardo Fernandes comparou o sismo "a um cilindro a passar na rua".

Hugo Leal também teve eco do sismo, através do contacto com familiares em Alcains.

“Em Alcains também se sentiu um pouco. Sismos desta magnitude ocorrem com alguma frequência mas raramente causam danos, e felizmente. Acho que não há motivo para alarme. Convém no entanto estar atento a qualquer aviso e comunicado por parte do IM através sua página web”.

Refira-se que o sitio www.meteo.pt encontrava-se congestionado ao inicio da tarde de segunda-feira, com a mensagem “Foi redireccionado para esta página devido a um volume de tráfego excepcionalmente elevado no nosso site”.

Um ouvinte da Rádio Condestável também fez chegar à redacção uma mensagem que dava conta do sismo em Vale da Urra, no concelho de Vila de Rei.

O autor da mensagem conta que estava dentro de uma fábrica em laboração e o sismo foi de início "confundido com o ligar e desligar de câmaras frigoríficas".

Só depois de se aperceberem da notícia fizeram a relação entre as situações.

Siga o Facebook do Reconquista em http://www.facebook.com/people/Jornal-Reconquista/100000418146742"

Fonte - Aki


Eu também o senti...Embora na altura tivesse confundido com outra situação, só depois de noticiado associei...

2 comentários:

segredos disse...

Tenho vindo a assistir a muitos relatos de sismos em diversos pontos do Globo e com grande insistência. Começo a pensar que a Terra se encontra numa situação de exaustão, debilitada. Requere-se que os especialistas façam um estudo aprofundado dos riscos que possam estar a avizinhar-se.
Nunca é demais prevenir o futuro.

bj

Anónimo disse...

Nyny...


Concordo com o comentário acima.


Também aqui no Brasil sente-se tremores na terra, em especial no norte e nordeste.


Abraços da amiga do outro lado do oceano.